prisão waldryano

Prisão Capítulo 46

23:08Waldryano RJ


Por Waldryano | Para o blog Waldryano
Na casa do Pastor, eu orei
Capítulo 46

Hoje sairei com o meu amor, a Nelma, vamos passear no parque,bastante verde, uma lagoa pequena e sem duvidas casais de namorados caminhando e deixando o amor os levar.
-E aí Robson, será que você esta alinhado? Perguntei a mim mesmo na frente ao espelho do meu guarda roupas, alias que organização,lembro que estava uma bagunça! Quem será que arrumou?
-Agora sim,toque final o perfume atrás do pescoço... Agora sim Senhor Robson 'tabunitu'.
Fui à casa da Nelma, ela linda como sempre com sua habitual jardineira jeans a Lara? Com um conjunto social branco, sempre social a moça?
-Vamos, dizia ela ajeitando o seu notebook e uma pasta com diversos papéis.
-Mas antes deste passeio você vai passar na casa de um pastor não é? Falava Lara com a Nelma.
-Essa do pastor eu não sabia, indaguei as duas.
-Ah sim, disse a Nelma, uma hora de oração todos os dias pela vida do Zecão, a partir do dia que você foi preso começamos essa campanha, te explico melhor no carro,e veio a Nelma pegando na minha mão e a Lara disse assim:
-Enquanto isto terei de fazer algumas ligações, deixei minha vida lá na capital, devo dar algumas coordenadas por lá.
Ela deixou-nos na casa do Pastor, a Nelma disse onde tinha um café com WiFi e ela combinou de nos buscar em uma hora período necessário para o encontro.
-Como será isto?Perguntei curioso, não participava destes encontros religiosos.
-É bem simples Robson, nós da juventude se reunimos na casa do pastor e estamos todos os dias mobilizados com essa história e preocupados com a vida do Zecão. Decidimos fazer uma campanha de oração. Um mês de intercessão e estamos fazendo uma coluna de oração.
-Coluna?Indaguei curioso.
-Vamos lá você entenderá.
Ao adentrar na casa do pastor logo fui recebido por alguns jovens. O numero de pessoas em torno de 10, me cumprimentaram e começaram a reunião.
O pastor leu a Bíblia conversou um pouco sobre o que foi lido e um irmão acompanhado de seu violão fez o momento de adoração.
-Confesso que estava curioso como será a oração? A Nelma me olhava,ela já me conhecia, e conseguia deduzir meus sentimentos e ansiedades,logo ela falou:
-Já começamos Robson, nossa reunião é diária, sempre quando acontece algo digamos: - anormal-, nossa juventude se reúne para fazer essa campanha um mês ininterrupto de oração uma hora é essa reunião.
-E como combinam os horários? Logo perguntei: Ela disse: - Combinamos tudo por mensagens de celular,na internet, ou no final das reuniões, tendo dois a reunião já acontece,mas sempre quando fazemos essas reuniões temos uma ótima frequência, nossa juventude é pequena,no entanto é muito unida. E o melhor as bênçãos são grandiosas pra testemunhar.
-É Nelma?
-Sim depois te conto, mas é cura é porta de emprego são tantos milagres que acontecem Deus é fiel.
-O pastor começou a oração, orou cinco minutos, logo começou a esposa, estávamos em círculos de mãos dadas, como uma coluna, abri os olhos e olhei a Nelma,e ela olhou-me fazendo um sinal que era para orar... Logo entendi a 'dinâmica da oração' iria chegar a minha vez , comecei a ficar nervoso, não sou muito de orar em voz alta, mas por outro lado sentia uma quentura que tomava todo o meu ser.
Era: - Aleluias, Gloria a Deus,e neste instante a Nelma começou a orar ao meu lado:
"Pai amado , te amo de todo o meu coração sei que sempre estais comigo (segurava firme na minha mão,confesso que suava a minha mão, mas a oração era tão linda que o nervosismo foi dando espaço para o contentamento). Pai querido, te agradeço pela vida do meu namorado, que esta aqui do meu lado.
-Oh Pai, tu conhece o coração dele, tu sabes dos seus caminhos e este é o meu amor Pai, é ele que pedi a Deus, cuida dele Pai eterno onde quer que ele esteja, onde quer que ele for cuida dele, dos seus planos dos seus sonhos da sua vida, dai forças para ele vencer as dificuldades e transforma a cada dia Pai a sua vida, vai ensinando a ele ser um servo de valor (Nestes momentos as lágrimas vertiam no meu rosto ela começou a orar mais baixo e entendi, sim, era a minha vez de orar.)
-Senhor Jesus, (comecei...) Tú, bem sabes dos caminhos da minha verdade da minha sinceridade, tu me conhece dês do ventre da minha mãe ( a Nelma segurava firme na minha mão) Mas pai, quero interceder pela vida do Zecão, Pai pela sua família. Senhor amado, pela aquela mãe que esta desesperada no hospital. Pai, se de algum modo eu prejudiquei aquela família, restaura pai, restaura, eu te peço restauração, faz um milagre lá naquele hospital, não deixa seu filho sofrer tanto. Aquela mãe Pai, conforta ela,(nem observava mas o tempo já tinha passado) Pai cuida da minha mãe também cuida dela dá a vitória Amém"
Que oração!
Parecia que necessitava daquilo, foi um re-Vigor na minha alma.
A Nelma? Foi no banheiro e voltou cumprimentamos os jovens a Lara já nos esperava na frente.
-Vamos passear no parque meu Amor?
Disse a Nelma do modo mais gracioso que ela poderia dizer. Eu? Apaixonado, simplesmente apaixonado, por aquela menina que me trouxe bem de pertinho de Deus.
Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinho no google+ e curtir no facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no google friends, os links estão abaixo.

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato