prisão waldryano

Prisão Capítulo 29

19:00Waldryano Diácono


Por Waldryano | Para o blog Waldryano
Capítulo 29
Remorso  


-Pai, ele não merecia estar lá, era eu que cometi aquele crime, falava Nilmar para seu pai.
-Filho, dizia o Pai do Nilmar em meio a mais um copo de Whisky: -O mundo é dos espertos, os fracos ficam para trás, os fracos são manipulados pelos forte, E filho hoje na escola da vida você aprendeu uma grande lição, sobressaia, se puder trapacear trapaceie, se errou coloque o erro no outro.
Olhava para o meu pai, e sentia nojo, como pude fazer isto com meu amigo, nós crescemos junto, confesso que sempre quis ter o pai do Robson como o meu, a mãe do Robson, eu nunca tive mãe, só eu e o pai, mas nunca entendi o ódio que o pai sempre teve do Robson.
Pensei comigo mesmo, Ele esta meio bêbado, vou perguntar...
-Pai porque você tem tanto ódio do Robson, eu sei que sempre tive um pouco de inveja dele por ele ter tudo do bom e do melhor, mas você pai porque este ódio dele?
Meu pai olhou para mim, assustei-me com seu olhar era sinistro, pensei que ele era capaz de Qualquer coisa mesmo.
-Nilmar, você não tinha raiva deste Robson por ter tudo que você sempre quis ter?
-Sim pai, mas não entendo este teu ódio do muleque....
Olhava para ele e tentava entender, já estava bastante embriagado.
-Não é dele mas do pai dele que tenho ódio ele acabou com a minha vida. Não quero falar disto agora, hoje é dia de comemorar, falava o pai do Nilmar em meio a mais um copo de Whisky.

Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinhos no Google+ e curtir no Facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no Google Friends, os links estão abaixo.

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato