prisão waldryano

Prisão Capítulo 7

18:24Waldryano Diácono

Por Waldryano | Para o blog Waldryano
Capítulo 7
Inveja, um sentimento que destrói

Sempre tive inveja do Robson, ele tem um pai que dá de tudo para ele, o meu pai vive me colocando em confusão.

Ele tem sorte com as garotas, lógico, tem carro, tem roupas de marcas e eu? -Nada!


Agora estou dirigindo o carro dele, e tenho que resolver aquele problemão que me enfiei, aí o que fazer?


E aquela hora que retirei a arma da mochila, sim naquele momento me subiu o sangue, poderia acabar com a vida dele, sim, disse a ele que não tinha bala, mas tinha uma...


-Porque será que formigou meu braço?


-E ele, atirou. Parecia um frangote, aquele bebezão mimado do papai, mas ele atirou né?


Neste momento Nilmar fazia uma curva fechada e esbarrou nuns lixos que estavam na esquina, dando uma pequena arranhada no para choque.



Ao dirigir, Nilmar com uma destreza estranha, vestiu uma luva na mão e retirou a arma da Mochila.



Um elemento, o esperava numa esquina escura, ele abriu o vidro e falou assim.



-Isso é para você.



-Dando um tiro. 

O elemento caiu.


Nilmar acelerou o carro, nisto o celular tocou, ele observou pelo toque que não era o dele, e estava no canto da poltrona, ele atende:



-Oi Robson, já passo aí. A mina me deu o cano isso.



Isso já era umas 23:15, ele sabia que o Robson estava atrasado pois as saídas deles só poderiam ser até as 23:00 horas.



# Amados, observem que o Nilmar melhor amigo de Robson, acaba de se envolver num crime, e demonstra seu real sentimento pelo Robson, aguardem os próximos capítulos, Wal :)

Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinho no google+ e curtir no facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no google friends, os links estão abaixo.

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato