esboço de mensagem waldryano

Ele veio para libertar os Cativos

13:01Waldryano RJ




"O Espírito do Senhor

está sobre mim,

porque ele me ungiu
para pregar boas-novas
aos pobres.
Ele me enviou
para proclamar liberdade
aos presos
e recuperação da vista
aos cegos,
para libertar os oprimidos" 


A paz do Senhor a todos; espero que esta mensagem seja importante no seu dia e faça refletir o evangelho de Cristo na sua vida.

Jesus o filho de Deus veio a este mundo, se fez carne, passou pelas angustias e aflições que nós passamos, confesso que creio que Jesus também passou por momentos de alegria.

Jesus foi humano e vivenciou na pele todas as emoções que nós humanos vivenciamos, claro que no seu tempo, com suas tradições, isto implica num cotidiano diferente do meu e do seu, mas o que quero deixar enfatizado aqui é que Jesus Cristo foi humano.

Outro ponto a ser observado é como foi à vinda de Jesus para este mundo – pois ele é morador do céu, e veio com um propósito e deveria voltar para o lugar onde um ser divino deve estar- Vocês já pararam para observar que das profecias ao ato do nascimento do redentor passou um tempão? Não vou me adentrar em pesquisas aqui, este texto tem como objetivo ser uma conversa e uma reflexão, mas pelo que sei foi coisa de 500 anos! Então surge o grande dia dos propósitos messiânicos começarem a se cumprir. Comentar isto é necessário, pois pode ser que os propósitos de Deus sejam para o nosso hoje, -quando digo propósito digo a volta ao lar, nossa promessa valida, e real- prepara-te então amado.

Mas o que me admira é isto: - Depois de uns 500 anos, a promessa do Messias começa e é com uma moça que era noiva, e esta veio gerar do Espírito Santo e o seu noivo a principio relutante aprende a tornar-se um servo, e aquele casal começa a viver o sobrenatural na sua vida.

Eles começam a cuidar do filho mais unigênito que este mundo conheceu.

E Jesus em sua majestade em sua glória, aceita a humildade, humildade de nascer numa manjedoura, lugar de animais completamente simples, humildade de trabalhar em um serviço braçal com seu pai José e humildade de antes de iniciar a  missão passar pela mais vil tentação no deserto, e aceitar sua condição humana, tão importante para a sua missão: A redenção.

E Jesus começa a sua missão, o milagre da água em vinho, em meio a um casamento, lembra que comentei, aqui certamente foi momentos de alegria, outro momento de alegria, foi Jesus escolhendo seus discípulos, certamente Ele estava muito feliz ao fazer a escolha de quem continuaria sua obra – será que não estou escrevendo para um servo que irá fazer a diferença nos nossos, dias na sua comunidade? E fará o crescer de Cristo e resplandecera a Gloria de Deus nos seus atos?- Mas foi precedido dos momentos de angustia de aflição, ou seja, foram alguns momentos felizes, porém muitos de tristeza.

Houve aquela conversa com a Samaritana e com Nicodemos, ambos sinceros ao conversar com o filho de Deus.

Foram muitos milagres e prodígios, porém houve muita perseguição e também muitos incrédulos que vivenciavam maravilhas e milagres, estes não criam no que os olhos estavam testemunhando.
E Jesus continuava a sua missão...

Em meio a angustia do Getsemani, aquele momento de reflexão a mais angustiante que se possa contar. Jesus Chorou, e foi um choro extremo, algo maravilhoso para nós iria acontecer, algo extremamente sofrível iria acontecer com o Mestre era muita tensão e angustia, estudiosos dizem que Jesus suou sangue, os mesmos estudiosos dizem que quando uma pessoa é submetida a uma situação extrema tal fenômeno acontece.
Mas o choro de Cristo não foi um choro comum não, foi um choro de dor, todos os pecados estavam sendo colocado em ‘seus ombros’ e o castigo que nos traria a paz estava sendo depositado naquele cordeiro imaculado.

O holocausto desta vez seria o próprio filho e este filho, do próprio Deus!

Este sacrifício, necessário, foi sofrível, e humilhante.
A mesma multidão que em sua maioria estavam sempre presente, em busca de milagres de saciar a fome e outros tantos curiosos era a mesma que em alta voz gritavam: - Crucifica-o!

O que ocorria naquele tempo, ocorre hoje, não vou me adentrar, mas aquela multidão era fortemente persuadida a agir assim, como hoje há uma forte persuasão para uma perdição e distorção da verdade do Evangelho de Cristo. Por parte de lideres que como naquele tempo persuadiam hoje existe estes lideres que também persuadem e distorcem e fazem com que uma imensa multidão esteja no equivoco do erro e nem percebem isto, pela manipulação...

E Jesus finalizava a sua missão... A mais nobre, onde Ele seria o cordeiro do sacrifício, naquele madeiro, onde o sangue carmesim seria jorrado no Calvário, onde o meu e o seu pecado seria lavado, onde os cativos do inferno seriam libertados, não havia esperança até então. Ele se fez esperança por nós!

Tudo naquele dia de Glória, confesso que tenho uma absoluta convicção que toda a Terra sentiu algo diferente naquele dia.
O véu rasgou-se no templo, tantos fatos sobrenaturais ocorreram naquele dia.

Mas o que mais me faz refletir, e continuar refletindo este evangelho maravilhoso. É o humanismo, o amor e a humildade dEle Jesus Cristo de Nazaré.

Ele aceitou, e passou por todos os sofrimentos possíveis.

Em todo o tempo foi amor. Amor pelo pecador, amor por não ser tão veemente com tantos que o perseguiam, amor por nos amar primeiro.
E hoje temos a oportunidade de sermos servos deste Cristo, de confessarmos e arrependermos-nos dos nossos pecados e de entender que um ato de amor não é em vão.

- Não pode ser em vão!




Não sei qual é o seu momento leitor:

Se esta em pecado, desviado da presença do Senhor, a mensagem é simples: -Arrependa-se e volte pra Cristo.

Se nunca uma mensagem assim te tocou, se por vezes passou pelas passagens de Jesus Cristo e não refletiu desta maneira. E se hoje sente algo diferente. Eu te convido a visitar uma igreja evangélica. Busque sua salvação amado, enquanto é tempo.

E você que já cultua sempre se lembre do exemplo de José e Maria. Foram servos por excelência, eles mais que ninguém entenderam que deveriam ajudar a Obra do Senhor Jesus Cristo e assim fizeram.
Da mesma forma hoje podemos ser servos valorosos que tem com intuito o nome de Jesus Cristo ficar em evidencia.

A passagem de João Batista que foi registrada pelo discípulo João é atual e é para o nosso hoje. “O importante é que Ele cresça, pois Ele é merecedor de toda honra e Glória, Ele nos amou primeiro, Amém.










You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato