Edson Grothe mensagem evangélica

A igreja, como fonte de inspiração artística

23:15Waldryano RJ




A igreja como fonte de inspiração artística

Escrito por Edson Grothe

(20Numa grande casa há vasos não somente de ouro e prata, mas também de madeira e barro; alguns para nobres finalidades, outros para fins desonrosos. 21Se alguém se purificar destes pecados, será como vaso de honra, santificado, útil para o Senhor e preparado para todo bom serviço) Bíblia King James

Antigamente as igrejas, permitiam o florescimento da criação literária e artística, nos diversos tipos de expressões arquitetônicas, haja vista que os ambientes eram retocados por ornamentos constituídos de inúmeros detalhes, permitiam que fluísse o imaginário, belas obras e criações, algumas com conteúdo prático, outras necessitando de detalhes de aprimoramentos.

Com a arquitetura moderna e a massificação tudo mudou,  porque pensa-se mais no sentido econômico a curto prazo, do que no ser humano que é a longo prazo; Sendo o que o ser humano forma o seu caráter, sua identidade, sua personalidade, nos ambientes proporcionados pelas igrejas.

Hoje não é respeitado as fachadas de casas históricas ou mesmo de seu interior e nossos bisnetos não terão uma história para restaura-la ou conta-la, fadados totalmente ao esquecimento e a desvinculação da realidade histórica para moldar uma situação fática contraditória. Ao mesmo tempo o fluir do imaginário se desacelera, impossibilitando a criação lógica.

Desta forma, se percebe que uma das funções da arquitetura é impulsionar a criação literária e artística. Um grande exemplo disso, temos com Giacomo Puccini, que admirava as obras primas de Luca Della Robbia, na Catedral de Florença, onde ia com sua mãe aos domingos; Aprendeu musica na igreja, guiando sua vida pela composição dramática. Foi sem dúvida um dos grandes compositores que o mundo já teve em musica religiosa, dramática,  óperas, interpretações musicais e orquestras.



(“A meu ver, a intenção do marxista Niemeyer era clara: a ressignificação do sagrado… golpe do marxismo soviético, com seus imensos prédios cheios de… vazio. Expressão de uma alma sem fé: vazio, espaços vazios. Na verdade, a meu ver, era como que um grito de uma alma que teve na infância marcas católicas, mas que, infelizmente perdeu-se em uma ideologia falida. 

A arquitetura sagrada cristã tem alma, tem quem a habite: é casa de Deus e casa do homem. É lugar de encontro: vê-se, toca-se, sente-se o odor do eterno. Tem Presença, é habitada. 

Tudo aponta para a eternidade, de certa forma, já presente. A torre é como um dedo apontado para cima, para lembrar o homem que há um Deus e um céu. A abóbada é representativa do céu definitivo. O Átrio representa as portas da eternidade, acolhedoras, abertas. A nave mostra a necessidade do caminho, do estar no mundo, etc. Niemeyer nunca poderia expressar isto em sua arquitetura, não porque não fosse capaz. Mas porque não tinha o dom da fé. Portanto sua arquitetura, a meu ver é cheia de… vazio: bonita, elegante, até digna. Mas, infelizmente, vazia.”) 

Dom Antônio Rossi Keller 
Fontes:http://beinbetter.wordpress.com/tag/arquitetura/ | http://www.encontrocomobispo.org/2012/12/morreu-oscar-niemeyer.html

As Igrejas Assembleia de Deus, acerca de 20 a 30 anos atrás, tinham arquitetura com elementos visuais deslumbrantes em "vitraux", a acústica do ambiente proporcionava o som harmonioso agradável da musica e da voz sendo desnecessário a microfonização, os requintes de toalhas bordadas e ornamentos delicados estavam presentes, os assentos todos moldados e desenhados eram confortáveis e de madeira, as cores do ambiente, a iluminação, os lustres delicados, possibilitavam condições atraentes. 

A simplicidade dos palestrantes, a calma litúrgica, envolvia nosso pensamento em reflexão e era abrangente e crítica, fazia parte do nosso conviver. Roberto Minczuk, Maestro da Orquestra Sinfônica Brasileira, com certeza veio com essa geração, sendo um dos Maestros da Assembleia de Deus de maior prestigio e interpretação musical da atualidade, entretanto num olhar crítico de estrutura musical encontra-se muito distante da criação de Heitor Villa Lobos, sendo assim presumimos que a nossa cultura está retrocedendo no sentido de criação cultural.

                                                            Roberto Minczuk

                                                              Heitor Villa Lobos

Notamos então, que a arquitetura é absorvida pelas pessoas que inspiram criações artísticas e o papel da igreja é proporcionar estas condições para que a cultura clássica se difunda através do imaginário proporcionando o ensinamento da música, da retórica, da filosofia, da teologia, da poesia, da prosa, da literatura, dos jograis, da interpretação, da crítica literária e do livre pensar, etc...

Hoje,  "gospel" é um mercado que envolve dinheiro, portanto bastante lucrativo e o lobby disso é impossibilitar às pessoas a elevação da alta cultura, por questões políticas, culturais, religiosas, filosóficas, etc..., menos questões de fé.

O uso da arquitetura como finalidade espúria (adulterada) no sentido religioso, pode corromper pessoas, tornando-as volúveis (instáveis).
A meu ver os templos estão modificando sua interiorização e a parte externa (gradualmente) inserindo diversos logotipos, que não fazem parte da cultura religiosa cristã. Entendo que isso é política de longo prazo, convergindo todas a uma religião universal.

Ato continuo, deixo uma citação de Jacques Le Goff, que explica que mesmos com os avanços científicos inquestionáveis da humanidade, o homem sempre volta à idade média para reviver momentos históricos que não mais deveriam ser tolerados (escravidão, nazismo, socialismo, comunismo, etc...)
Le Goff se especializou na História da Idade Média, tendo escritos inúmeros livros a respeito. 

Deixo também uma citação bíblica para estudo, apontando arqueologicamente que Judá se "prostituiu", possibilitando uma visão nítida que isto é possível num futuro próximo acontecer no Brasil. 

(22 Judá fez o que o Senhor reprova. Pelos pecados que cometeram, eles despertaram a sua ira zelosa mais do que os seus antepassados o tinham feito.
23 Eles construíram altares para a deusa da prostituição Aserá e espalharam postes sagrados por todos os lugares, montes e debaixo das árvores, nos quais pudessem ser erguidos 
(1 Reis 14: 22-23) http://www.bibliaon.com/1_reis_14/


https://www.youtube.com/watch?v=5mf3SQ3dVz8


Gostou da msn? Dá um maizinhos no Google+compartilha ela no Facebook ajude ela ir mais longe!
COMENTÁRIOS SEMPRE SÃO BEM VINDOS

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato